4 looks com o mesmo vestido!

4 looks com o mesmo vestido!

Nada é mais prático do que um vestido! Na hora de montar um look tanto para o dia quanto para a noite sempre dá para escolher aquele vestido favorito e incrementar com acessórios diferentes, né? Uma das minhas peças mais versáteis com certeza é esse vestido preto com renda e a convite do Hookit resolvi mostrar para vocês 4 looks diferentes usando a mesma peça.

Qual é o seu favorito?

03

Para sair de noite não precisa inventar muito! Um sapato alto e uma bolsa pequena caem perfeitamente com qualquer vestido. A diferença é que eu prefiro um sapato alto porém no estilo plataforma, assim me sinto mais segura para andar sem ter medo de cair, hehehe.

Vestido C&A | Bolsa Renner | Sapato UO

01

Para o dia a dia o vestido pode se transformar em uma saia, basta usar com uma blusinha divertida por cima e tênis! Além de ser confortável fica muito fofo e bonito. :)

Vestido C&A | Tênis Vans | T-shirt Marisa | Tiara Forever 21

04

Nos dias mais frios não precisa aposentar os vestidos não! Eu adoro usar vestidos no inverno, para não passar frio basta apostar em uma meia-calça grossa e montar um look quentinho com sobreposições.

Vestido C&A | Meia Ebay | Camisa Galeria do Rock | Boina I Love Acessórios | Coturno Sem Marca

02

E por último, umas das minhas combinações favoritas: vestido + jaqueta de couro + botinha. É um look super simples mas que fica estiloso, meu favorito para sair de noite. :)

Vestido C&A | Meia Renner | Bota Renner | Jaqueta Youcom

E já que estamos falando de vestidos, montei uma vitrine cheia de vestidos liiindos lá no Hookit:

Já contei como funciona o site aqui nesse post, mas vale a pena lembrar que agora mais lojas estão pagando comissão! Funciona assim: você hooka suas peças favoritas e se alguém comprar pelo seu link do site você ganha uma comissão pela venda. Legal, né? Corre lá para conhecer o site e montar sua vitrine também! ;)

Wishlist: Livros para o segundo semestre

Wishlist: Livros para o segundo semestre

Quando eu decidi virar freela achei que teria mais tempo para ler livros. Mera ilusão! Sempre acabo arrumando mil coisas para fazer e quando vejo já se passaram meses sem ler nada novo. Quando eu trabalhava fora passava cerca de 4 horas por dia no transporte público então tinha tempo de sobra para ler no trânsito de São Paulo.

Como faltam 6 meses para terminar o ano decidi colocar uma meta: pelo menos 1 livro por mês. Acho que consigo, né? Por enquanto montei uma wishlist de alguns que quero ler para inspirar.

wishlist-livros-julho

01. Eleanor & Park
Fiquei apaixonada pela capa do livro quando vi alguns meses atrás e depois fiquei animada em saber que algumas amiga leram e gostaram. É um romance e os personagens são meio nerds, me identifiquei…

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.”

02. Extraordinário

A sinopse do livro me fez morrer de vontade de ler. Parece ser uma história incrível, completamente diferente de tudo que eu já li.

“Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência um, ele é um menino igual a todos os outros.”

03. Quem é você, Alasca? *

Outro livro que fiquei com vontade de ler por conta da capa mas depois escutei um monte de gente falar bem, hehehe. Gosto das histórias de John Green e acredito que com essa não vai ser diferente…

“Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras – e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o ‘Grande Talvez’. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.”

04. Once upon a time in the North

Once upon a time in the North é uma side history da minha trilogia favorita, Fronteiras do Universo. Ele conta um pouco mais de dois personagens,  Lee Scoresby e Iorek Byrnison, suas histórias antes da história principal da trilogia. Até hoje nunca tive oportunidade de ler pois nunca achei o livro para comprar no Brasil, mas vi que tem no site da Livraria Cultura! :)

05. 13 Porquês

Eu adoro histórias com mistérios para serem descobertos. Nesse caso ainda envolve um suicídio que parece deixar a história ainda mais interessante…

“Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra na porta de casa um misterioso pacote com seu nome. Dentro, ele descobre várias fitas cassetes. O garoto ouve as gravações e se dá conta de que elas foram feitas por Hannah Baker – uma colega de classe e antiga paquera -, que cometeu suicídio duas semanas atrás. Nas fitas, Hannah explica que existem treze motivos que a levaram à decisão de se matar. Clay é um desses motivos. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.”

06. Azul é a cor mais quente

Esse é um HQ, mas eu fiquei com vontade de comprar quando vi a adaptação para o cinema. É um história de amor, entre duas meninas, mas para mim é apenas uma história de amor pois não divido o amor pelo sexo das pessoas. De qualquer forma acho bom avisar que não é recomendado para menores de 18 anos :)

“O livro conta a história de Clementine, uma jovem de 15 anos que descobre o amor ao conhecer Emma, uma garota de cabelos azuis. Através de textos do diário de Clementine, o leitor acompanha o primeiro encontro das duas e caminha entre as descobertas, tristezas e maravilhas que essa relação pode trazer.”

Vocês já leram algum desses livros? Gostaram? Me contem!

* Comprei depois de escrever o post, estou na metade, hehe.

5 coisas que eu não gosto no seu blog

5 coisas que eu não gosto no seu blog

Inspirada por esse post da Emi (de 2011, como o tempo passa rápido!) resolvi fazer um post também contando 5 coisas que eu não gosto em blogs. Claro que não precisa levar tudo tão a sério, tá? São detalhes que reparo e que podem ficar como dica para quem está procurando aprimorar a arte de blogar, hehehe.

Vamos conferir a lista?

contato

01. Imagens fora de padrão

As imagens são a alma do blog. Um blog com fotos bonitas e imagens bem editadas já consegue conquistar o leitor a primeira vista. Ainda mais hoje em dia que as pessoas fazem questão de ler cada vez menos na internet. Por isso tente padronizar os tamanhos das suas imagens para que o conteúdo fique agradável aos olhos.

Se o seu blog tem 600px de largura na área do conteúdo as imagens devem ter essa mesma largura. Se você costuma usar montagens/mosaicos de fotos tente criar um padrão para esse formato para que ele tenha sempre o mesmo tamanho. Quanto mais organizado visualmente, melhor! ;)

02. O mau uso das tags e categorias

Os campos de tags e categorias não estão ali de enfeite, eles precisam ser preenchidos! As tags e categorias são importantíssimas para a organização e indexação do seu conteúdo na internet. Quanto mais simples for a navegação do leitor pelo assunto que o interessa, melhor!

Mas também não é para criar um milhão de categorias e tags, ok? Lembre-se que elas foram criadas para agrupar o conteúdo de maneira inteligente, então evite termos redundantes. O leitor e o Google agradecem.

03. Conteúdo sem serviço para o leitor

Claro que isso vai variar de leitor para leitor, mas eu, como leitora de blogs, gosto de conteúdos onde a pessoa tenha se preocupado com o leitor de alguma forma. Claro que em caso de posts muito pessoais não faz sentido, mas caso você esteja falando de algum serviço/produto não custa nada colocar as informações importantes sobre ele, como preço, onde comprar, endereço, link, horários de funcionamento e etc.

Se você está falando sobre um salão de cabeleireiro é legal colocar o link do site, o endereço, uma média de preço, afinal são informações que muita gente vai perguntar nos comentários, né? :)

04. Posts resumidos na home

Isso é meio pessoal mas EU, euzinha, gosto de blogs que tenham cara de blog. Um post em baixo do outro, lateral com perfil, tudo isso. Quando um blog tem cara de portal, com muitas chamadas na home, eu normalmente não consigo me apegar a ele. Claro que isso não interfere em nada no conteúdo produzido e dependendo do blog muitas chamadas e posts resumidos podem facilitar a navegação. Mas no geral, para blogs pessoais, esse formato não funciona bem para o leitor nem para publicidade.

05. Email de contato escondido

Na hora de fazer a página contato muita gente coloca um formulário e não divulga o email. Acontece que ás vezes as empresas já tem um email montado, ou precisam anexar imagens, arquivos, e não conseguem fazer isso pois a pessoa não divulgou o email. Sem contar que é muito mais prático enviar direto do email do que preencher um formulário!

Eu já deixei de entrar em contato com algumas blogueiras por conta disso. Deixe o seu email de contato bem fácil de achar, de preferência coloque ele em todas as suas redes sociais. Facilita bastante a vida das empresas! :)

Gostaram das dicas? O que vocês concordam ou não concordam?

Do castanho ao ruivo sem descolorir

Do castanho ao ruivo sem descolorir

Siiiim, estou de volta para essa vida de cabelos ruivos. :)

Como eu não resisto e tenho que aprontar alguma arte resolvi voltar de vez para a cor que eu tanto gosto. Fiz todo o processo em casa, como sempre, e expliquei no vídeo como fiz para voltar ao ruivo claro sem descolorir. Ainda não é a cor “final” que eu quero mas daqui umas 2 colorações eu já devo chegar no resultado desejado.

Espero que as dicas ajudem quem também está vivendo esse dilema, hahaha!

Se quiser acompanhar os outros vídeos é só se inscrever no canal clicando nesse botão aqui:

Look: tarde no parque

Look: tarde no parque

Um dos meus horários favoritos para ir ao parque é um pouco antes do pôr do sol. Com esse frio que está fazendo em São Paulo fico ainda mais animada quando sai um pouco de sol para poder fazer um pouco de fotossíntese, hehehe. Hoje chamei minha mãe para ir lá comigo e aproveitei para fotografar (valeu, mãe! <3).

É bem básico pois é realmente assim que eu me visto no dia a dia, quanto mais confortável melhor. Não faz sentido montar uma super produção para ir ao parque, né? O destaque mesmo fica para o Vans vermelho liiindo que ganhei de presente do pessoal das Lojas Paralelas. Sempre quis ter um desses e fiquei felizona quando abri a caixa. Ele é todo confortável e fofinho por dentro! :3

02

Blusa H&M | Legging C&A | Vans Lojas Paralelas | Bolsa UO

04
07
01
06
05
08

Gostaram do look? :)
Estou lendo Quem é você, Alasca? e resolvi levar ele comigo para o parque. Vocês já leram?