Qual mulher nunca teve um crise na vida de “quero ser ruiva”?! Não sei vocês, mas eu sempre quis. Lá pelos meus 13 anos resolvi que queria ter um cabelo de Marimoon (que na época era assim!) e resolvi passar uma tinta vermelha em cima do meu cabelo original, que caso alguém não sabia, é castanho escuro e muito cacheado. Nem preciso falar que é claro que não pegou, né? E claro que eu fiquei frustrada! haha

Anos depois resolvi fazer luzes loiras, e de tanto fazer luzes, fiquei loira. Mantive o loiro por uns 3/4 anos e amo essa cor para o meu cabelo. Confesso que nunca tive vontade de voltar pro castanho, mas sempre rolou aquela vontadinha de ficar ruiva, até que …

Fiz a louca! Decidi do nada, imprimi umas referências e fui no cabeleireiro no dia seguinte, nem contei pra ninguém. Expliquei que queria um tom mais alaranjado do que vermelho, mas a cabeleireira me falou que quando pintasse ia ficar bem vermelho, mas que assim que lavasse ficaria mais parecido com o tom que eu queria.

Pois bem, era verdade. Na primeira lavagem já ficou praticamente do jeito que eu queria, porém depois de mais algumas (poucas) lavagens, a cor foi embora! hahaha Ô corzinha desgraçada! 3 semanas depois voltei lá e pedi para pintar novamente, com um tom mais alaranjado do que o anterior.

Realmente fez muita diferença, nas fotos abaixo, a primeira a segunda vez que pintei (fotos sem edição):

Eu não sei qual tinta ela usou, só sei que ela misturou na primeira vez um vermelho intenso com um loiro acobreado, e na segunda vez passou só o loiro acobreado por cima de tudo.

Mas hoje, 1 mês depois, meu cabelo já tá com cor de burro quando foge e as partes loiras voltaram a aparecer … fuein.
Pesquisei, e descobri o que acontece: por mais que o cabelo descolorido faça com que a cor fique muito mais forte e pegue melhor no cabelo, ele não segura a cor! Na hora, vai ficar lindo, porém vai desbotar muito mais rápido do que em um cabelo não-descolorido. Complicado, né?!

Vermelho é a cor mais difícil difícil de acertar no tom, a mais difícil de manter e a mais difícil de tirar depois caso você queira voltar para um tom claro! hahaha Ou seja, só faça se você realmente estiver afim de sofrer. Agora a tendência para o meu cabelo é que, conforme for passando o tempo a cor dure mais. Vamos acompanhar! Eu conto tudo pra vocês aqui no blog daqui um tempo. ;)

Particularmente gosto de todas as tonalidades, desde as mais discretas até as mais intensas. Qual cor vocês preferem?

Quer ficar ruiva? Tem um post incrível aqui no “Gostei, e agora?”, vale a pena conferir!